Receber até R$ 372 por mês pelo Bolsa Família é possível, mas só alguns inscritos têm esse direito

Autor: Redação

Publicada em


Receber até R$ 372 por mês pelo Bolsa Família é possível, mas só alguns inscritos tê esse direito
Receber até R$ 372 por mês pelo Bolsa Família é possível, mas só alguns inscritos têm esse direito – Foto: Reprodução

Receber até R$ 372 por mês pelo Bolsa Família é possível, mas só alguns inscritos têm esse direito. Apesar de muitos beneficiários não terem acesso a esta informação, o programa Bolsa Família possui sete tipos de benefícios. O pagamento acumulado destes benefícios pode gerar uma remuneração mensal de R$ 372 por mês. Veja quem tem direito e como receber até R$ 372 por mês.

Quem pode receber?

Podem receber o benefício famílias inscritas no Cadastro Único com uma renda mensal, por pessoa, de até R$ 89; ou de até R$ 178, no caso de núcleos familiares com crianças ou adolescentes de até 17 anos.

As famílias mantêm um compromisso nas áreas de educação e saúde para receber o benefício. Por exemplo, crianças e adolescentes de seis a 17 anos devem estar matriculados na escola, com frequência comprovada. Já na atenção à saúde, crianças menores de sete anos precisam tomar as vacinas recomendadas.

Sete tipos de benefícios

1. Benefício Básico

Concedido às famílias em situação de extrema pobreza (com renda mensal de até R$ 89,00 por pessoa). O auxílio é de R$ 89,00 mensais.

2 Benefício Variável

Destinado às famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza que tenham em sua composição gestantes, nutrizes (mães que amamentam), crianças e adolescentes de 0 a 15 anos. O valor de cada benefício é de R$ 41,00 e cada família pode acumular até 5 benefícios por mês, chegando a R$ 205,00.

3. Benefício Variável de 0 a 15 anos:

Destinado às famílias que tenham em sua composição, crianças e adolescentes de 0 a 15 anos de idade. O valor do benefício é de R$ 41,00.

4. Benefício Variável à Gestante:

Destinado às famílias que tenham em sua composição gestante. Podem ser pagas até nove parcelas consecutivas a contar da data do início do pagamento do benefício, desde que a gestação tenha sido identificada até o nono mês. O valor do benefício é de R$ 41,00.

5. Benefício Variável Nutriz:

Destinado às famílias que tenham em sua composição crianças com idade entre 0 e 6 meses. Podem ser pagas até seis parcelas mensais consecutivas a contar da data do início do pagamento do benefício, desde que a criança tenha sido identificada no Cadastro Único até o sexto mês de vida. O valor do benefício é de R$ 41,00

6. Benefício Variável Jovem:

Destinado às famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza e que tenham em sua composição adolescentes entre 16 e 17 anos. O valor do benefício é de R$ 48,00 por mês e cada família pode acumular até dois benefícios, ou seja, R$ 96,00.

7. Benefício para Superação da Extrema Pobreza:

Destinado às famílias em situação de extrema pobreza. Cada família pode receber um benefício por mês. O valor do benefício varia em razão do cálculo realizado a partir da renda por pessoa da família e do benefício já recebido no Programa Bolsa Família.

Como receber até R$ 372 por mês?

As famílias em situação de extrema pobreza podem acumular o benefício Básico, o Variável e o Variável Jovem, até o máximo de R$ 372,00 por mês. Como também, podem acumular 1 (um) benefício para Superação da Extrema Pobreza.


Data de pagamento do Décimo Terceiro (13º) do Bolsa Família 2019

O pagamento do décimo terceiro (13º) será feito conforme o calendário de dezembro. As datas variam de acordo com o último número NIS. Sendo assim, os valores devem ser proporcionais ao período em que recebeu o benefício neste ano de 2019.

Datas de pagamento do décimo terceiro (13º) em 2019 serão nos dias:

  • 10/12
  • 11/12
  • 12/12
  • 13/12
  • 16/12
  • 17/12
  • 18/12
  • 19/12
  • 20/12
  • 23/12

O pagamento ocorrerá na sequência do último número do NIS, partindo de 1 até 0.

CALENDÁRIO COMPLETO – BOLSA FAMÍLIA 2019

Bolsa Família inicia pagamento de setembro - Veja quem tem direito e calendário de saque
Bolsa Família inicia pagamento de setembro – Veja quem tem direito e calendário de saque – Reprodução

DIAS DE PAGAMENTO DE NOVEMBRO

1 – Final do NIS 1 – PAGAMENTO em 18/11

2 – Final do NIS 2 – PAGAMENTO em 19/11

3 – Final do NIS 3 – PAGAMENTO em 20/11

4 – Final do NIS 4 – PAGAMENTO em 21/11

5 – Final do NIS 5 – PAGAMENTO em 22/11

6 – Final do NIS 6 – PAGAMENTO em 25/11

7 – Final do NIS 7 – PAGAMENTO em 26/11

8 – Final do NIS 8 – PAGAMENTO em 27/11

9 – Final do NIS 9 – PAGAMENTO em 28/11

0 – Final do NIS 0 – PAGAMENTO em 29/11

Disponibilidade de saque 

Como em todos os meses, o repasse é realizado de acordo com o Número de Inscrição Social (NIS) impresso no cartão. Aqueles que terminam com final 1 podem sacar no primeiro dia do pagamento. Os com final 2, no segundo dia e assim por diante. Os recursos ficam disponíveis para saque por um período de três meses.

Sobre o Programa Bolsa Família

O Programa Bolsa Família, previsto em lei (Lei Federal nº 10.836, de 9 de janeiro de 2004), conta com três eixos principais. Além do Complemento da renda, o programa se baseia na Articulação com outras ações, ou seja, participar do Bolsa Família possibilita o acesso dos beneficiários a outras políticas públicas, como é o caso do Programa Criança Feliz e do Plano Progredir.

O outro tripé do programa é o Acesso a direitos, que têm como objetivo reforçar o acesso à educação, à saúde e à assistência social. Portanto, esse eixo oferece condições para as futuras gerações quebrarem o ciclo da pobreza, graças a melhores oportunidades de inclusão social.