PIS 2019-2020: Provável calendário de pagamento do Abono Salarial

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


PIS 2019-2020: Provável calendário de pagamento do Abono Salarial
PIS 2019-2020: Provável calendário de pagamento do Abono Salarial – Arte: N1 BAHIA

Mal acabou o pagamento do PIS 2018-2019 e milhares de beneficiários já estão em busca do Calendário PIS 2019-2020. Porém, será que a tabela de pagamento do Abono salarial ano base 2018 já está disponível para consulta? A única certeza é que a Caixa Econômica Federal deve liberar o calendário oficial em breve!

Essa e outras dúvidas serão respondidas nesta matéria. Para isso é necessário ler todos os tópicos atentamente.

Calendário de pagamento do PIS 2019-2020

A resposta é NÃO. Apesar de já existir prováveis datas para o pagamento do abono salarial 2019-2020 (veja provável Calendário PIS 2019-2020 logo abaixo), o calendário oficial da Caixa Econômica Federal ainda não foi divulgado. Essa divulgação costuma ocorrer no final do mês de junho, como aconteceu em 2018.

CALENDÁRIO DE PAGAMENTO

Atual tabela de pagamento – Calendário PIS 2018-2019

As pessoas que têm direito a receber o abono salarial não têm acesso ao valor em uma mesma data. O Governo elabora um calendário e separa os trabalhadores de acordo com o mês de nascimento. Quem tem direito deve procurar no calendário PIS 2018 – 2019 o mês de nascimento e ver a data na qual será possível realizar o saque.

Provável calendário para o pagamento do PIS 2019-2020
Calendário PIS 2018-2019: Tabela de Pagamento do Abono Salarial

Vale lembrar que correntistas da Caixa Federal que sejam cadastrados no PIS vão receber dois dias antes dos demais e o valor vai cair direto na conta. O calendário do PIS 2018 – 2019 também está disponível no site da Caixa Econômica Federal.

PIS 2019-2020 – Provável calendário de pagamento

Confira abaixo a provável Tabela de Pagamento do Abono Salarial – Calendário PIS 2019-2020, para o ano base 2018. Logo mas, a Caixa deve fazer a divulgação com datas oficiais para o pagamento do benefício.

Provável calendário para o pagamento do PIS 2019-2020
PIS 2019-2020: Provável calendário de pagamento do Abono Salarial – ano base 2018

O que é PIS-Pasep?

O abono é um valor em dinheiro pago, anualmente, para alguns trabalhadores. Esses, obrigatoriamente precisam ser atuantes em empresas ou entidades públicas que contribuam com o Programa de Integração Social – PIS ou Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público – PASEP.

O valor pago pelo abono salarial pode chegar a um salário mínimo.

O PIS, que quer integrar o empregado com o desenvolvimento empresarial, foi criado através da Lei Complementar n° 7/1970 e é pago pela Caixa Econômica Federal.

Já o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (PASEP) foi criado pela Lei Complementar n° 8/1970. É semelhante ao PIS, mas ele é destinado aos servidores públicos e quem contribui são: União, Estados, Municípios, Distrito Federal. O pagamento do PASEP é feito pelo Banco do Brasil.

Quem tem direito a receber PIS-Pasep?

O indivíduo deve ter exercido atividade remunerada, com carteira assinada, e ter recebido no máximo dois salários mínimos mensais.

Além disso, é necessário que a pessoa possua o cadastro no PIS/PASEP atualizado na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) e que ele tenha sido feito por no mínimo, cinco anos.

Quem for trabalhador da iniciativa privada recebe o dinheiro na Caixa Econômica Federal. Caso seja correntista e possuir todos os dados atualizados, a pessoa recebe o dinheiro na conta.

Portanto, as pessoas cadastradas no PASEP recebem no Banco do Brasil.

Requisitos do Abono Salarial

De acordo com a legislação vigente, um dos requisitos para ter direito ao abono salarial é ter exercido função remunerada, com carteira assinada, por pelo menos 30 dias no ano base.

Além disso, o trabalhador deverá ter pelo menos cinco anos de cadastro no PIS/PASEP e não pode ter recebido mais de dois salários mínimos em média de salário no ano base.

Por fim, é obrigatório que a empresa na qual a pessoa trabalhou tenha atualizado os dados na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Como Consultar o PIS ou Pasep?

Cartão cidadão

As pessoas que possuem o Cartão Cidadão podem ir a um terminal de autoatendimento da Caixa Econômica Federal para realizar a consulta e ver se teve direito a receber o valor. Também é possível, com o cartão em mãos, procurar uma das Casas Lotéricas existentes no país. Vale lembrar que em ambos o caso é preciso lembrar a senha cadastrada no momento em que recebeu o Cartão Cidadão;
Sem Cartão Cidadão: portanto, quem não possui o cartão pode procurar a Caixa Econômica Federal, em posse dos seus documentos pessoais ou, no caso dos servidores públicos, ir até uma agência do Banco do Brasil;

Telefone

É possível também fazer a consulta online ou por telefone. Pessoas cadastradas no PIS podem ligar para o número 0800-726-02-07 da Caixa Federal.

Internet

Para consultar online é necessário ter o número do NIS (PIS/PASEP) em mãos, entrar no site www.caixa.gov.br/PIS e clicar em “Consultar Pagamento”. O Número de Identificação Social (NIS) é o mesmo que o número do PIS ou PASEP. Ele está registrado na sua Carteira de Trabalho, no seu Cartão Cidadão e também no extrato do FGTS que a Caixa Econômica Federal manda anualmente.

PASEP

Já os cadastrados no PASEP podem procurar o Banco do Brasil ou ligar para 0800-729 00 01.

Como funciona o pagamento do Abono Salarial PIS?

O pagamento do abono salarial é feito na data estipulada na tabela oficial, obedecendo o mês de nascimento do trabalhador.

Uma vez que o período de recebimento do beneficiário já tenha chegado, ele poderá receber das seguintes formas:

  • Recebendo direto em sua conta: para os cadastrados no PIS que são correntistas da Caixa Econômica Federal. O valor é depositado com dois dias de antecedência na conta corrente ou poupança na Caixa;
  • Com o Cartão Cidadão: o trabalhador pode ir ao caixa eletrônico (terminal de autoatendimento) para sacar o abono salarial. Também poderá optar por fazer isso nas Casas Lotéricas ou nos correspondentes Caixa Aqui;
  • Caso não possua conta na Caixa e não queira usar ou não possua o Cartão Cidadão, o trabalhador deverá ir a uma agência da Caixa levando um documento de identificação com foto e o número do PIS.