Política

Moema lamenta postura de parlamentares em votação do impeachment

 A Deputada Federal, Moema Gramacho (PT/BA), lamentou a postura dos parlamentares, durante votação pela admissibilidade do impeachment da presidenta Dilma Rousseff, realizada neste domingo (18). Uma das últimas do estado da Bahia a votar, a parlamentar teve o seu discurso interrompido pelos demais deputados favoráveis ao que ela chama de ‘golpe’, e argumenta que Eduardo Cunha, ‘não tem estatura moral para continuar presidindo a Câmara, por ser ‘um réu com contas de milhões de dólares desviados para bancos na Suíça’.

Moema afirma ainda que “em um estado democrático, é inadmissível uma postura dessas de parlamentares, que deveriam defender a Democracia e nesse momento ultrajam o país e promovem o golpe. Acham que, dessa forma, vão calar a voz dos mais de 54 milhões de pessoas que votaram na primeira presidenta mulher do país. Mas não conseguirão”, afirma ela confiante, no arquivamento do processo pelo Senado.

TAGS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar