Minha Casa, Minha Vida entrega mais de 230 mil casas em todos os estados do país

Volume de investimentos no período é superior a R$ 2,5 bilhões, dos quais mais de R$ 2 bilhões destinados ao atendimento de famílias de baixa renda

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


Minha Casa, Minha Vida entrega mais de 230 mil casas em 2019
Minha Casa, Minha Vida entrega mais de 230 mil casas em 2019 – Arte: N1 BAHIA

 

Nos 200 primeiros dias da administração do presidente da República Jair Bolsonaro, o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) entregou uma média diária de 1.170 casas por meio do programa de habitação popular do Governo Federal. Ao todo, foram mais de 234 mil residências concedidas em todos os estados e no Distrito Federal.

O volume de investimentos para a continuidade das obras do Minha Casa, Minha Vida nesse período é superior a R$ 2,5 bilhões, dos quais mais de R$ 2 bilhões foram destinados à Faixa 1, que atende famílias com renda mensal de até R$ 1.800.

Novos contratos

Desde o início do ano, em todo o País, mais de 150 mil unidades habitacionais também foram contratadas nas Faixas 1,5; 2 e 3 do programa. Além disso, na última semana, um aporte adicional de R$ 1 bilhão foi assegurado pelo Governo para atender exclusivamente a Faixa 1. Com os novos recursos, será possível retomar empreendimentos paralisados; prosseguir com as obras em andamento; autorizar 17 mil unidades contratadas em 2018 e; ainda, viabilizar 36 mil novas moradias, inclusive nas modalidades Rural e Entidades.

“Tudo isso resulta de um esforço coletivo do governo e do Congresso, com apoio do Ministério da Economia e de parlamentares. Atende a uma orientação do presidente Jair Bolsonaro de priorizar as famílias que mais precisam. Esses investimentos também criam oportunidades de emprego em todo o Brasil, pois a cada R$ 1 milhão aplicado no programa habitacional, são gerados cerca de 40 postos de trabalho”, observa o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto.

O ministro destaca, ainda, o empenho de equipes do governo na elaboração da nova política habitacional do País; a ser encaminhada para apreciação do Congresso Nacional. Os trabalhos estão sendo feitos por técnicos dos ministérios do Desenvolvimento Regional, da Economia e da Caixa Econômica Federal. Representantes do setor da construção e da sociedade civil organizada têm participado ativamente do processo de formulação da nova proposta.

As obras do Minha Casa Minha Vida vão gerar 40 mil vagas de emprego.

O Programa Minha Casa, Minha Vida acaba de ganhar um novo impulso com o subsídio de R$ 1 bilhão possibilitando a retomada de obras paralisadas, a autorização de 17 mil unidades habitacionais contratadas em 2018 e, ainda, a contratação de 36 mil novas moradias urbanas e rurais. 

Emprego

As obras vão gerar 40 mil vagas de emprego e renda e a ajudar a aquecer a economia no país.

De acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto:

“R$ 1 milhão investidos no programa equivalem a 40 empregos gerados”

Desde o início do ano, em todo o País, mais de 150 mil unidades habitacionais foram contratadas nas faixas 1,5; 2 e 3 do Programa. No mesmo período, foram entregues 230 mil residências em todos os estados e no Distrito Federal.

Foram liberados, no primeiro semestre, mais de R$ 2,5 bilhões para a continuidade das obras do MCMV. Deste total, mais de R$ 2 bilhões foram destinados ao atendimento da Faixa 1, destinada a famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil.

Obras do Minha Casa, Minha Vida vão gerar 40 mil vagas de emprego - Vídeo
Obras do Minha Casa, Minha Vida vão gerar 40 mil vagas de emprego – Vídeo – Foto: Reprodução / Montagem: N1 BAHIA

 

O que é Minha Casa Minha Vida?

É uma iniciativa do Governo Federal que oferece condições atrativas para o financiamento de moradias nas áreas urbanas para famílias de baixa renda. Em parceria com estados, municípios, empresas e entidades sem fins lucrativos, o programa vem mudando a vida de milhares de famílias brasileiras. É oportunidade para quem precisa e mais desenvolvimento para o Brasil.

Nesta modalidade, existem quatro faixas de renda contempladas. São elas:

Famílias com renda de até R$ 1.800,00:

Faixa 1 – A Caixa oferece várias vantagens para a sua família. Conte com um financiamento de até 120 meses, com prestações mensais que variam de R$ 80,00 a R$ 270,00; conforme a renda bruta familiar. A garantia para o financiamento é o imóvel que você vai adquirir. Assim, fica muito mais fácil realizar o sonho da casa própria.

Famílias com renda de até R$ 2.600,00:

Faixa 1,5: Você pode adquirir um imóvel cujo empreendimento é financiado pela Caixa com taxas de juros de apenas 5% ao ano e até 30 anos para pagar e subsídios de até 47,5 mil reais.

Famílias com renda de até R$ 4.000,00:

FAIXA 2: Se sua família tem renda bruta de até R$ 4.000,00, você se encaixa nesta faixa do Programa Minha Casa Minha Vida e pode ter subsídios de até R$ 29.000,00.

Famílias com renda de até R$ 7.000,00:

FAIXA 3: Para famílias com renda bruta de até R$ 7.000,00​​; o Programa Minha Casa Minha Vida oferece taxas de juros diferenciadas em relação ao mercado para você conquistar uma casa própria.

Como se inscrever no Minha Casa Minha Vida?

  1. Confira se você precisa se cadastrar

    Se a sua família tem renda mensal menor que R$ 1.800,00 é preciso se inscrever na prefeitura da sua cidade; ou numa entidade organizadora para iniciar o processo de seleção.

    Já para as famílias com renda mensal até R$ 7.000,00​​, além de poder contratar por meio de uma entidade organizadora, pode também contratar de forma individual, para isso é só fazer a simulação, para saber quanto você poderá investir, entregar a documentação em um Correspondente Caixa Aqui ou n​a agência Caixa mais próxima de você.​

  2. A Caixa avalia seu cadastro

    As famílias selecionadas pelas prefeituras e validadas pela Caixa serão comunicadas sobre a data do sorteio das unidades e da assinatura do contrato de compra e venda do imóvel.

    No caso de atendimento direto na agência ou no Correspondente Caixa Aqui; a Caixa recebe e analisa a sua documentação e a documentação do imóvel que você escolheu e mostra para você as melhores condições para o financiamento.

  3. Você assina o contrato

    Após a aprovação e validação do cadastro você assina o contrato de financiamento.

Quem mora em Salvador pode se inscrever através deste link: CLIQUE AQUI

Outras informações sobre o Minha Casa, Minha Vida – Clique aqui.