Justiça concede alvará e Lula deve ser solto em instantes, segundo a PF

Autor: Com informações de iBahia

Publicada em


Justiça concede alvará e Lula será solto em instantes, segundo a PF
Justiça concede alvará e Lula será solto em instantes, segundo a PF – Reprodução

Justiça concede alvará e Lula deve ser solto em instantes, segundo a Polícia Federal.  Após 580 dias de sua prisão, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixará a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba nesta sexta-feira (08/11).

O juiz Danilo Pereira Junior, da 12ª Vara Federal de Curitiba, concordou com o pedido protocolado mais cedo pela defesa do ex-presidente, baseado na decisão desta quinta-feira (07/11) do Supremo Tribunal Federal, que derrubou a prisão após condenação em segunda instância .

Lula recebeu durante a manhã a visita de seu advogado, Cristiano Zanin Martins, e do presidente do partido, Gleisi Hoffmann. Durante a tarde, o ex-candidato à Presidência, Fernando Haddad, e a filha do ex-presidente Lula, Lurian, também conversaram com o presidente na cela em que ficou por um ano e seis meses na sede da Polícia Federal de Curitiba.

Mais cedo, o advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, afirmou que esperava uma decisão rápida da Justiça.

Cristiano Zanin Martins afirmou ao deixar a Superintendência da PF que espera uma decisão rápida da juíza.

Ao nosso ver, jamais poderia ter sido decretada essa prisão. A partir do julgamento realizado ontem pelo STF, e é público e notório, não há nada que possa neste momento impedir ou protelar uma decisão que determine a expedição do alvará de soltura. Qualquer ato protelatório, a nosso ver, dará contornos políticos ainda maiores ao processo — disse.

Fakenews: Perfil falso de Lula no Tinder viraliza na internet

Lula fará ato

Lula fará um ato neste sábado na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, último local. Em um comunicado distribuído à militância petista, a presidente do partido, Gleisi Hoffmann, pediu aos petistas que evitem provocações para “não estragar este momento de alegria”.

Em Curitiba, após deixar a cadeia, Lula também deverá ir de encontro aos militantes que permaneceram em vigília durante sua prisão.

O ex-presidente quer prestar uma homenagem aos simpatizantes que ficaram em vigília no local durante um ano e sete meses. A expectativa é que também ocorra um comício em São Paulo ou São Bernardo do Campo, em seguida.

Além do ato, Lula também deverá ser convidado para a posse do presidente eleito da Argentina, Alberto Fernández.

Lula planeja viajar o país e tentar fortalecer a oposição ao governo. Também está previsto um giro internacional para se encontrar com personalidades que se manifestaram contra a sua prisão.