INSS: 90 serviços podem ser feitos pela internet ou telefone

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


INSS - 90 serviços podem ser feitos pela internet ou telefone
INSS – 90 serviços podem ser feitos pela internet ou telefone – Foto: Sílvio Luiz

 

Usar serviços do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) sem sair de casa já é uma realidade. Desde o dia 10 de julho, 90 dos 96 serviços que o instituto oferece podem ser feitos por meio do aplicativo Meu INSS, pelo site ou pela Central de Atendimento 135.

O segurado só terá que ir à agência em caso de exigência específica como na complementação de documentos ou para fazer perícia para auxílio-doença.

A nova medida vai agilizar o atendimento e reduzir o tempo de espera, de acordo com o presidente do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), Renato Vieira.

“Dessa forma estamos disponibilizando praticamente todos os serviços do INSS para a população que poderá acessá-los sem a necessidade de deslocamento para uma agência, sem a necessidade de agendamento e de enfrentar filas. Esses serviços poderão ser acessados de casa, com conforto, maior comodidade e maior velocidade”, disse Vieira.

Poderão ser feitos pela internet ou telefone serviços como pedido de aposentadoria; de salário-maternidade; agendamento de perícia médica; recurso de benefício por incapacidade; e alterações de dados de contato.

O diretor de atendimento do INSS, Clóvis de Castro Júnior, explicou que para moradores de municípios onde não há agência do INSS o serviço trará grande benefício.

“Significa mais comodidade para o cidadão. O principal dos custos é o deslocamento, temos cidadão que se deslocavam duzentos, quatrocentos quilômetros para chegar a uma agência”.

Segundo o instituto, cerca de 670 mil atendimentos por mês que antes eram feitos presencialmente poderão ser realizados pela internet ou telefone.

Meu INSS

Meu INSS é um dos produtos do INSS Digital; e é acessível por meio de computador ou celular. Para utilizar os serviços é necessário se cadastrar e obter senha no próprio site. Em caso de dúvida, é possível ligar para o telefone 135.