Política

Aprenda o que é BRICS, quais países fazem parte do grupo e a sua importância

Aprenda o que é BRICS, quais países fazem parte do grupo e a sua importância
Aprenda o que é BRICS, quais países fazem parte do grupo e a sua importância – Alan Santos / PR

Aprenda o que é BRICS, quem faz parte do grupo e sua importância.

A importância do Brics, grupo formado por Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, pode ser medida em dois eixos: econômico e político. Segundo a Agência Central de Inteligência dos EUA (CIA), que trabalha em suas estatísticas com dados da Organização das Nações Unidas (ONU), Fundo Monetário Internacional (FMI), Banco Mundial e governos nacionais, os cinco países juntos têm uma economia somada superior a US$ 18 trilhões e uma população que ultrapassa 3 bilhões de habitantes.

Para o economista da Escola Nacional de Administração Pública (Enap), José Luiz Pagnussat, este poder geopolítico dá força aos países para que participem das decisões mundiais.

“Causou uma mudança no processo decisório internacional de forma que a governança internacional teve uma alteração profunda e a divisão de poder foi alterada”, relatou.

O economista e ex-diretor do Banco Central, Carlos Eduardo de Freitas, reforçou o peso político do Brics e disse que a dimensão econômica também vai crescer nos próximos anos.

“Há um novo cenário onde a China começa a ter uma importância econômica, tecnológica e política cada dia mais importante. E junto com ela esses quatro países. A existência desse grupo tem uma importância política muito grande. Daqui a 10,15 anos, começará a ter também uma presença econômica importante na parte monetária mundial”, avaliou.

O secretário de Comércio Exterior e Assuntos Econômicos do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Noberto Moretti, destacou as duas dimensões. Para o embaixador, a vertente econômica é tão importante quanto a política e, em cada momento, uma delas se torna mais forte.

“São duas características que tiveram presentes no Brics desde o seu momento inicial e que persistem”, explicou.

O analista político e fundador da consultoria Dharma Political Risk and Strategy, Creomar de Souza, sintetizou o papel do Brics na atualidade. “O Brics traz parcerias de negócios, amizades e oportunidades”, defendeu.

Características dos países

E para ampliar a matemática pura dos números e ressaltar as análises dos especialistas, seguem algumas características de cada país que forma o grupo:

  • O Brasil só fica atrás dos EUA como a maior potência mundial em produção de alimentos. É rico em minérios; tem uma indústria diversificada; é grande gerador de energia; possui enorme mercado consumidor e é a maior economia da América Latina, com forte peso nas decisões sul-americanas.
  • A Rússia é uma força bélica; rica em petróleo e gás natural; tem o maior território do planeta e assento permanente no Conselho de Segurança das Nações Unidas.
  • A Índia melhorou seu ambiente de negócios nos últimos anos; tem um enorme parque de inovação tecnológica; cresce de forma consistente e possui uma força de trabalho especializada; que domina o inglês por conta da colonização britânica.
  • A China registrou um crescimento econômico, em média, de dois dígitos nas duas últimas décadas e alcançou a segunda posição na economia mundial, sendo o maior exportador global em termos de volume de produtos. Também ocupa o Conselho de Segurança da ONU como membro permanente.
  • A África do Sul ocupa um lugar geograficamente estratégico no continente africano, é forte no setor turístico, na produção de alimentos e minérios, e rivaliza com a Nigéria como maior economia da África.
TAGS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar