Em vídeo, mulher afirma ter esfaqueado dançarina por conta de traição: “Esfaqueei a Japa”

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


Em vídeo, mulher afirma ter esfaqueado dançarina por conta de traição: “Esfaqueei a Japa, quero nem saber”
Em vídeo, mulher afirma ter esfaqueado dançarina por conta de traição: “Esfaqueei a Japa, quero nem saber” – Foto: Reprodução / Instagram

 

Em um vídeo que circula nas redes sociais, nesta quarta-feria (17/04), uma mulher, ainda identificada, afirma ter esfaqueado Elizabeth Gonçalves. A vítima, que é mais conhecida como ‘Japinha Negra Japa’, é dançarina  e backing vocal da Banda La Fúria.

Na tarde desta terça-feira (16/04), surgiu a notícia que Elizabeth teria sofrido um assalto no bairro de Itapuã, em Salvador. Durante o crime ela teria sido esfaqueada. Porém, horas depois, começou a circular na internet que esse não seria o real motivo da facada. Nas imagens, uma mulher afirma sem mostrar o rosto:

“Esfaqueei a Japa, esfaqueei a Japa!”, falou a agressora.

Em nota, a banda La Fúria disse que Elizabeth passa bem.

“Na tarde desta terça-feira, dia 16, recebemos a triste notícia de que nossa companheira de banda, Elizabete Gonçalves, conhecida como Japa, foi esfaqueada no bairro de Itapuã. A mesma foi socorrida e levada ao Hospital da Cidade, onde foi operada e encontra-se em quadro estável.

A produção está prestando total assistência a Elizabete e suporte a sua família neste momento difícil até a sua recuperação. O grupo pede a todos os seus fãs uma corrente de orações e agradece as demonstrações de carinho prestadas. Neste momento o grupo está unido em função da recuperação de Elisabeth e não se pronunciará mais sobre o episódio”.  

Até o momento não há registro sobre o caso no Boletim Diário, que fica disponível no site da Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA). A jovem passou por uma operação e não corre risco de morte.

Veja o vídeo: