Vídeo mostra cadeirante acusado de estupro sendo morto com tiro no rosto na Região Metropolitana

Autor: Com informações do Simões Filho Online

Publicada em


Um vídeo que está circulando nas redes sociais, mostra o momento em que Eduardo Santos Silva, 42 anos, é executado com um tiro no lado esquerdo do rosto. Ele foi morto dentro de seu apartamento, no Loteamento Vida Nova, na região do Cia I, em Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). O caso aconteceu por volta das 21:00h, da noite desta quinta-feira (08), no Residencial Recanto dos Pássaros, Bloco 13.

 

De acordo com informações do Portal Simões Filho Online, Eduardo teria perdido o seu aparelho celular contendo fotos e vídeos pornográficos com menores, em uma rua do seu bairro. Quem encontrou o aparelho, visualizou diversas cenas dele violentando garotas, todas menores de 12 anos.

As imagens se espalharam rapidamente pela rede social  Facebook e pelo aplicativo WhatsApp. A repercussão do caso ganhou força em toda a cidade.

De acordo com testemunhas, homens revoltados com as cenas vistas no aparelho de Eduardo, se dirigiu até o apartamento do cadeirante para questioná-lo sobre as garotas violentadas. Eduardo então, assumiu que errou. Porem, antes de ser morto, os homens, gravaram um vídeo, em que Eduardo declara que errou. Em seguida, um dos executores apontou uma arma e efetuou um disparo no rosto do cadeirante, que morreu no local. Todas as informações ainda estão sendo apuradas pela polícia.

Veja o momento da execução