Trio envolvido em homicídios e tráfico é preso

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


147948105622acoorpinleocaioelegao18112016

Acusados de tráfico de drogas, associação para o tráfico e prática de homicídios na região de Guanambi, distante 796 quilômetros de Salvador, Leandro Ribeiro de Souza, o Léo de Magá, e Caio Vinícius Fogaça das Neves, o Fogaça, foram presos, na quinta-feira (17), durante operação conjunta das polícias Civis da Bahia e de Minas Gerais.

O coordenador da 22ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Guanambi), delegado Clécio Chaves, informou que a dupla é foragida da Cadeia Pública daquela cidade e estava escondida em Montes Claros, Minas Gerais, onde foi presa, distante 400 quilômetros do município baiano.

Nos últimos 60 dias, Leandro Ribeiro cometeu outros quatro homicídios em Guanambi e durante uma fuga trocou tiros com a polícia. “Todos são considerados de alta periculosidade e escolheram Montes Claros devido à proximidade entre os dois municípios. Assim, podiam planejar outros crimes pela região”, explicou o delegado.

Além de Leandro, os policiais cumpriram os mandados de prisão de Fogaça e de Edicarlos Francisco de Oliveira, o Legão, que vinha sendo procurado por envolvimento com o tráfico, em Guanambi. O trio estava escondido no imóvel de número 393, no Conjunto Joaquim Costa, em Montes Claros.

De acordo com o delegado Clécio Chaves, os presos foram recambiados para Guanambi, onde ficarão à disposição da Justiça. A Superintendência de Inteligência (SI) da Secretaria da Segurança Pública (SSP) deu apoio à operação, batizada de Monte Pascoal.