Trabalhador morre após ser atingido por concha da retroescavadeira

Autor: N1 BAHIA | Foto: Blog Sigi Vilares

Publicada em


Valdilson da Conceição Vaz morreu na tarde de segunda-feira (05), após ser atingido pela concha de uma retroescavadeira na Rua Lisboa, no bairro Santo Antônio, município de Barreiras, no oeste do estado. A vítima trabalhava em uma obra de manutenção de sistema de esgoto, por meio de uma empresa terceirizada que presta serviços à Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa). A vítima tinha 44 anos.

De acordo com a Polícia Civil, indícios apontam que o trabalhador fazia os serviços de manutenção, enquanto ao lado, um colega de empresa operava a retroescavadeira. Em uma manobra da máquina, a concha do equipamento teria atingido as costelas da vítima.

Equipes da Samu foram encaminhadas para a região do acidente, porém a vítima não resistiu e morreu ainda no local. Segundo o delegado Joaquim Rodrigues: “Tudo indica que não houve dolo [intenção de fazer o mau], mas vamos avaliar se houve negligência na manobra do equipamento”.

O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) e liberado ainda no dia do acidente.

Comunicado da EMBASA

A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) informa que Valdilson da Conceição Vaz, 44 anos, pedreiro contratado da Terral Engenharia, faleceu ontem (05), às 15h40, durante a execução de trabalhos para a expansão da rede de esgoto no bairro Santo Antônio, em Barreiras.

A Terral Engenharia, empresa contratada da Embasa, vem garantindo o auxílio à família do funcionário falecido com o pagamento dos custos do funeral. A Embasa, por meio da fiscalização da obra, vai iniciar um processo de investigação para verificar se as normas de segurança do trabalho exigidas em contrato foram cumpridas e apurar as responsabilidades nas falhas que possam ter ocorrido para que as medidas administrativas cabíveis sejam tomadas.