Mulher que ateou fogo no cunhado com gasolina é presa em Feira de Santana

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


147066692612aCoorpinDHFeiraMarlete08082016

 

Procurada pela polícia pelo homicídio do cunhado, que teve o corpo incendiado com gasolina, em abril deste ano, em Feira de Santana, Marlete Santos Peixoto, a Marla, de 31 anos, foi presa, na sexta-feira (5), por uma equipe da Delegacia Territorial (DT) de Iaçu, município distante 281 quilômetros de Salvador, onde ela estava escondida desde o crime.

Marlete teve a prisão preventiva solicitada à Justiça pelo delegado Gustavo Coutinho, titular da Delegacia de Homicídios (DH) de Feira, que investiga o caso. A polícia apurou que no dia 27 de abril, Marlete envolveu-se numa discussão com a vítima, identificada como Antônio Teodoro da Silva e, depois da briga, a mulher foi até um posto de combustíveis próximo e comprou um litro de gasolina.

Na volta para casa, jogou o líquido sobre o corpo do cunhado e ateou fogo com um fósforo. Antônio tentou apagar o incêndio correndo para o chuveiro, mas acabou com 40 por cento do corpo queimado, morrendo quatro dias depois no hospital.

O delegado Marcelo Cavalcanti, titular em exercício da DT/Iaçu, coordenou a ação que resultou no cumprimento do mandado de prisão de Marlete. A criminosa já foi recambiada para Feira de Santana, onde deverá aguardar transferência para o sistema prisional.