Segurança garante passagem da Tocha Olímpica em Salvador

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


Tocha Olímpica passou, nesta terça-feira (24), por diversos pontos da capital baiana. Pela manhã, esteve no Centro Histórico – Pelourinho, Elevador Lacerda e Comércio – e no Bonfim. Durante a tarde, percorreu as avenidas Paralela, Octávio Mangabeira e Manoel Dias da Silva, seguindo até o Farol da Barra. A Secretaria da Segurança Pública (SSP), juntamente com as forças de segurança da União e do município, garantiu a integridade dos participantes do revezamento olímpico.

A operação para a passagem do fogo olímpico pelo território baiano dispõe de 80 policiais, disponíveis 24 horas por dia, além dos efetivos das unidades que já atuam rotineiramente nas cidades. Dando suporte às ações em solo, helicópteros do Grupamento Aéreo (Graer) da Polícia Militar e da Polícia Rodoviária Federal (PRF) fazem varreduras e monitoramento da movimentação do público e de qualquer possível problema.

Agora, com a Tocha em Salvador, o Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR) da SSP, localizado no Parque Tecnológico da Bahia, está funcionando ininterruptamente. As imagens das câmeras fixas e móveis (embarcadas em viaturas) auxiliam no deslocamento das tropas.

“Uma equipe de policiais baianos pegou a Tocha Olímpica no Espírito Santo e, a partir daí, começou nosso trabalho. Estamos pondo em prática a mesma estratégia de integração das forças de segurança que garantiu a paz nas copas das Confederações 2013 e do Mundo 2014”, ressalta o superintendente da SSP e coordenador estadual de Segurança para Grandes Eventos, coronel PM Marcos Oliveira.

O superintendente acrescenta que em cada estado foi montado um esquema, levando em consideração as particularidades locais. “Na Bahia, pelo tamanho, colocamos uma equipe do Corpo de Bombeiros, promovendo ações preventivas e dispostas a prestar atendimento”.

Já a organização do trânsito ficou a cargo da PRF e do Esquadrão Águia da PM, declarou Oliveira, destacando que a população está de parabéns, “pois acompanhou o revezamento com espírito olímpico e, educadamente, posicionou-se na calçada sem obstruir a passagem da Tocha”. A revezamento do símbolo olímpico pela Bahia começou no último dia 18 e vai até 27 de maio, passando por 27 cidade