Segunda parte do Enem 2016 termina sem ocorrências graves

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


A segunda aplicação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016 terminou, neste domingo (4), sem registro de ocorrências na logística de aplicação. Apenas oito eliminações foram registradas em decorrência de descumprimento de regras gerais do edital.

Desta vez, nenhum candidato foi eliminado por haver recusado a coleta do dado biométrico ou por estar portando equipamentos proibidos identificados por meio de detector de metal. “Esses números demonstram a eficácia das medidas de segurança adotadas a partir deste ano”, avaliou o Ministro da Educação, Mendonça Filho.

A presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, ressaltou que além do atendimento aos estudantes afetados pela ocupações em locais de prova durante a primeira aplicação, nos dias 5 e 6 de novembro, todas as situações de contingências foram analisadas com o deferimento e do atendimento aos casos devidamente justificados. “Fizemos todo o possível para e garantir a isonomia no Exame”, afirmou.

Abstenção 

A abstenção foi de 39,7% no primeiro dia e de 41,4% no segundo dia de provas. “Esses números foram altos em decorrência das situações específicas que o Inep precisou atender a fim de garantir que nenhum aluno se sentisse prejudicado ao longo da aplicação do Enem 2016”, explicou Maria Inês Fini.

Se consideradas as duas aplicações, o Enem 2016 teve a participação de 6.005.607 dos 8.627.195 inscritos. Com isso, a abstenção final ficou em 30,4%.

O Inep investiu R$ 10,5 milhões na segunda aplicação do Enem 2016. No total, 273.524 inscritos tiveram o direito de participar das provas neste final de semana em decorrência das ocupações em locais de prova durante a primeira aplicação, em 5 e 6 de novembro. Houve ainda 4.133 casos de estudantes convocados para participar das provas por causa de contingências ocorridas naquelas datas, como interrupção do fornecimento de energia elétrica.

Segurança

Segundo a Polícia Federal , não houve prisões durante a segunda aplicação do Enem 2016. Havia suspeitos sendo monitorados, mas nenhum desses compareceu às provas. Nesta edição do Enem, foram incluídos dois novos procedimentos de segurança: a coleta de dado biométrico e o uso de detector de metais em todos os participantes, na entrada e na saída dos banheiros, que até então era amostral.

Redação

Os participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) fizeram redação sobre “Caminhos para combater o racismo no Brasil”. Para subsidiar a produção textual dos participantes, a proposta de redação trazia quatro textos motivadores: um que trata da condição do homem negro, o segundo é um artigo de lei que tipifica o preconceito de raça ou de cor como crime; o terceiro é uma peça publicitária que distingue o racismo de injúria racial; e o quarto traz uma definição acerca do que são ações afirmativas.

Gabarito 

Nesta quarta-feira (7), o Inep divulga o gabarito oficial dos dois dias de prova para cada Caderno de Questões, que também estarão disponíveis para download no portal do Inep. O gabarito também será disponibilizado pelo aplicativo Enem 2016. O resultado do Enem, para todos, está previsto para 19 de janeiro de 2017.