Saúde promove ações de combate ao uso do cigarro

Autor: N1BAHIA

Publicada em


A Secretaria Municipal da Saúde (SMS), por meio do Programa de Controle ao Tabagismo (PMCT), realiza nesta semana, quando se comemora o Dia Mundial Sem Tabaco (31 de maio), ações de combate ao uso do cigarro na Unidade de Saúde da Família (USF) Prof. Humberto Castro Lima, localizada na Rua Tomas Gonzaga, s/n, Pernambués. A iniciativa contará com a participação de ex-fumantes que participaram do programa e pessoas em tratamento.

A psicóloga Ticiana Hupsel, da USF, lembrou que em 2014 foi elaborado um projeto chamado Pernambuezinho Livre do Cigarro para combater o tabagismo na comunidade. Nesse projeto foram traçados vários métodos de trabalho: a promoção, a prevenção e o tratamento.  O tratamento acontece com cinco sessões semanais, com duração em média de 1h30. “Nesse grupo trabalhamos com métodos para deixar de fumar e estratégias. Em alguns casos há uso de medicação, principalmente o adesivo de nicotina”, finaliza.

Ex-fumantes – Maria Rita foi fumante por 41 anos. Ela disse que conheceu o programa através do rádio. Ligou, fez a inscrição e foi chamada para fazer parte do grupo. Em um mês, já sentiu uma grande diferença no dia a dia.  “A voz, a respiração, a alimentação, o cheiro, o hálito, tudo melhorou cem por cento. Pretendo continuar ainda por muito tempo no grupo mesmo que não tenha mais adesivo. Eu decidi que não quero mais fumar, perdi minha mãe por conta do cigarro”, revelou.

Marcos Antônio também participa do PMCT. Ele, que adora esporte, afirmou que estava superdifícil conciliar as atividades com o uso de cigarro. “É um tratamento excelente, nós vemos a alegria das pessoas aqui. E além disso, o cheiro, as roupas, tudo fica mais cheiroso”, concluiu.

O tratamento totalmente gratuito oferecido nas unidades de saúde do município consiste, inicialmente, por uma avaliação clínica e um teste para estimar o grau de dependência química e psicológica dos pacientes. A partir daí os usuários passam a participar de sessões de grupo para discutir as doenças relacionadas ao tabaco e as vantagens de se parar de fumar. Os dependentes que tiverem necessidade são encaminhados para uso de medicamentos, também oferecidos gratuitamente pelo SUS. Os interessados em parar de fumar podem se cadastrar em uma das 26 unidades municipais que contam com o Programa de Tabagismo. Maiores informações através do 3202-1045.