Postos de saúde abrem para Dia D contra o sarampo e a poliomielite

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


Vacinação contra poliomielite e sarampo começa nesta segunda (6)
Postos de saúde abrem neste sábado (18) para Dia D contra o sarampo e a poliomielite – Foto: Divulgação

 

O Dia D da vacinação contra o sarampo e a poliomielite ocorre neste sábado (18). Em todo o Brasil, mais de 36 mil postos de saúde estarão abertos para receber as crianças de um ano a menores de cinco anos que precisam tomar as vacinas. Mesmo as que já foram vacinadas devem ser levadas às unidades para receber um reforço. Os horários de atendimento ficam a cargo dos gestores locais de saúde e podem variar de uma cidade para outra.  

A campanha começou no último dia 6 com a meta de imunizar 11,2 milhões de crianças até 31 de agosto. O número representa 95% de cobertura vacinal nessa faixa etária. De acordo com o último balanço divulgado pelo Ministério da Saúde nessa terça-feira (14), 85% do público-alvo ainda não tinham sido vacinados.  

Para as crianças que não tomaram nenhuma dose da pólio, será aplicada a vacina injetável. As que já tomaram uma ou mais doses devem receber a oral. Em relação ao sarampo, todas vão receber uma dose da Tríplice Viral; desde que não tenham sido vacinadas nos últimos 30 dias. 

Surtos

Atualmente, há dois surtos de sarampo no País; um em Roraima e outro no Amazonas, o que reforça a necessidade da vacinação. Até o dia 14 de agosto, foram confirmados 910 casos de sarampo no Amazonas e 5.630 permanecem em investigação. Já o estado de Roraima confirmou 296 casos da doença e 101 continuam em investigação. Além disso, seis pessoas morreram por sarampo, sendo quatro em Roraima (três estrangeiros e um brasileiro) e dois no estado do Amazonas (brasileiros).  

Saiba mais

O sarampo é uma doença infecciosa aguda, de natureza viral, grave, transmitida por meio de secreções expelidas ao tossir, espirrar, falar ou respirar e extremamente contagiosa. Os sintomas são: febre alta, acima de 38,5°C, erupção e vermelhidão na pele, tosse, coriza, conjuntivite e manchas brancas que aparecem na mucosa bucal, conhecida como sinal de koplik, que surgem de 1 a 2 dias antes do aparecimento das erupções na pele.  

A poliomielite também é contagiosa. Causada pelo poliovírus, pode infectar crianças e adultos por meio do contato direto com fezes ou com secreções eliminadas pela boca das pessoas infectadas. Os primeiros sintomas da doença podem ser confundidos com a gripe: dor de garganta; fadiga excessiva; dor de cabeça e febre. A doença pode provocar ou não paralisia.