Pastor é morto enquanto evangelizava traficante; família diz perdoar

Autor: Correio 24 Horas

Publicada em


Foto: Reprodução/TV Globo
Foto: Reprodução/TV Globo

O pastor Marco Aurélio Bezerra de Lima, 48 anos, foi morto por um traficante no final da tarde de sexta-feira (11) na comunidade São Leopoldo, em Belford Roxo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

Segundo testemunhas, Marco estava dentro do carro, mostrando fotos de traficantes que ele tinha conseguido levar para a igreja, quando um bandido confundiu a muleta do pastor com um fuzil e efetuou o disparo. Ele usava a muleta por causa de uma operação recente que tinha feito na perna.

Marco evangelizava um traficante dentro do carro e se abaixou para pegar uma foto em que aparece com Playboy, chefe do Morro da Pedreira que se converteu à igreja evangélica antes de morrer. Foi nesse momento que o bandido viu a muleta e confundiu com um fuzil. O pastor chegou a ser socorrido para o hospital municipal, mas não resistiu aos ferimentos.

Durante a cerimônia de enterro do pastor, que aconteceu no domingo (13), a família informou que vai continuar realizando o trabalho de evangelização iniciado pela vítima há mais de 20 anos. O autor dos disparos ainda não foi identificado pela polícia.

“Já perdoei e já orei muito, para Deus guardar essa alma. Eu sei que muitas pessoas até ficam revoltadas não entendem esse momento, mas temos muito amor pela alma. Meu marido morreu pelo amor pela alma, resgatando uma vida”, desabafou Márcia Lima, viúva do pastor.