Organizador de ‘Paredão’ que resultou em morte tem passagem pela polícia

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


Investigação

Festa de Paredão – Atingido de raspão por um disparo de arma de fogo, Leonardo Silva Sodré, 23 anos, conhecido pelo apelido de ‘Léo Ferrugem’ é apontado por testemunhas como integrante de facção que comercializa drogas no bairro de Itinga, em Lauro de Freitas. Durante um ‘Paredão’ (evento promovido no meio da rua com caixas de som empilhadas) organizado por ele, na noite de ontem (22), ocorreu um tiroteio e Raíssa Lima Silva, 13, acabou morrendo. Leonardo, primo da vítima fatal, tem passagem por roubo de moto.

De acordo com a delegada Juceli Rodrigues, titular em exercício da 27ª DT/Itinga, que investiga o caso, cinco pessoas já foram ouvidas pela polícia, incluindo Leonardo. O atirador não foi reconhecido pelas testemunhas.

Ao prestar depoimento, Léo Ferrugem afirmou ter sido ameaçado por um traficante que prometeu matá-lo caso realizasse a festa. O rival estaria enciumado porque Leonardo vem mantendo um relacionamento com a sua ex-namorada. A polícia vai investigar a versão apresentada por ele.

No local onde ocorreu o tiroteio, não foram localizadas câmeras de segurança. Informações sobre os autores devem ser transmitidas via Disque Denúncia da SSP (3235-0000) ou para o SI da 27ª DT/Itinga por meio do 3116-1610.