Nascidos em julho e agosto podem sacar PIS 2016 – Veja Calendário

Autor:

Publicada em


O PIS 2016/2017 já começou a ser pago desde o último mês de julho. O novo calendário foi definido pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), no Ministério do Trabalho. Apesar das novas regras do programa, a estimativa do governo é de que 22,3 milhões de trabalhadores recebam o benefício, o que corresponde a R$ 14,8 bilhões.

Pagamentos liberados

Os pagamentos já estão liberados para os nascidos em julho. Quem nasceu em agosto, já pode ficar na expectativa, pois o pagamento começa na próxima semana. Quem tem conta na caixa recebe o credito no dia 16 de agosto. quem não possui conta recebe no dia 18 de agosto. Os pagamentos segue durante os meses setembro, outubro, novembro, dezembro. Já no ano de 2017, os meses para receber o PIS 2016/2017 começa em janeiro, fevereiro até março.

O benefício oferecido pelo governo federal é destinado aos trabalhadores cadastrados no Programa de Integração Social (PIS), há pelo menos cinco anos. Os recursos do PIS devem ser retirados na Caixa. Mas, o trabalhador deve verificar se o valor já não foi depositado em sua conta. Caso isso não tenha ocorrido, os participantes do PIS que se enquadram nas especificações para o abono devem comparecer com o Cartão do Cidadão e senha nos terminais de autoatendimento da Caixa ou em uma lotérica.

Para ter acesso ao PIS 2016/2017, o trabalhador precisa:

O PIS 2016 será pago somente aos trabalhadores que atenderem os critérios estabelecidos pelo Ministério do Trabalho. Fique atento, afinal não são todas as classes trabalhadoras que têm direito a esse benefício. Para receber o PIS 2016, o cidadão precisa:

– estar cadastrado no PIS/PASEP há pelo menos cinco anos;
– ter recebido remuneração mensal média de até 2 salários mínimos;
– ter exercido trabalho remunerado por pelo menos 30 dias
– ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais

Quem tem direito ao PIS 2016/2017:

Considerando as condições acima, os trabalhadores que terão direito de receber o PIS 2016 serão, basicamente:

–Trabalhadores e empregados da Indústria;
–Trabalhadores do comércio e setor de serviços;
–Trabalhadores rurais que tenham sido empregados em uma empresa agrícola;
–Motoristas, estivadores, prestadores de serviço em geral que tenham trabalhado com carteira assinada para uma empresa.

Entenda as mudanças

Podemos notar, duas grandes mudanças, a primeira é ter trabalhado 30 dias Consecutivos, anteriormente poderia ser consecutivos ou não.

A segunda mudança, aquela que afetará o bolso do trabalhador é em relação ao pagamento do PIS 2016, pois o pagamento será feito de acordo com o tempo trabalhado, de FORMA PROPORCIONAL, como é o caso do 13º salário.

Assim, o valor a ser recebido não é mais 1 salário mínimo e sim proporcional aos meses efetivamente trabalhados, exemplo R$ 880,00 salário mínimo, se a pessoa trabalhou 4 meses em 2015 receberá R$ 293,34, se trabalhou 5 será R$ 366,66 e assim por diante.

Tabela de Pagamentos do PIS 2016/2017