Mutirão de saúde oferece serviços gratuitos em comunidade de Salvador

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


Mutirão de saúde oferece serviços gratuitos em comunidade de Salvador
Mutirão de saúde oferece serviços gratuitos em comunidade de Salvador – Foto: Reprodução

Consultas e exames médicos ginecológicos; mamografias; glicemia; ECG; USG; raio-x e avaliação psicológica; nutricional e testes rápidos para detecção dengue, zika e chikungunya, serão oferecidos à comunidade local, durante o 1º Mutirão de Prevenção de Pirajá, que acontece nesta quarta-feira (30), das 7 às 16 horas. A iniciativa é da Unidade de Emergência de Pirajá (UEP), unidade da Secretaria da Saúde do Estado, que promove essa ação social, com o objetivo de oferecer serviços de saúde gratuitos à comunidade, as atividades acontecem na própria unidade e em Ônibus Clínica.

A partir das 7h serão distribuídas 320 senhas, no estacionamento do Mercantil Rodrigues em Pirajá, na Rua Oito de Novembro; para exames de raio-x, ultrassom e clínico. Aqueles que não conseguirem realizar os exames no mesmo dia, poderão entrar para a lista de espera e para serem atendidos posteriormente, por intermédio de uma assistente social.

O atendimento será ilimitado para exames de glicemia, aferição de pressão e vacinas, que também acontecerão no local.

Documentos

Os interessados devem levar originais e cópias do RG, comprovante de residência e Cartão do SUS de Salvador; além de estar em jejum de pelo menos 8 horas para realização dos exames de sangue. À tarde, haverá atendimento de saúde bucal infantil com aplicação de flúor.

Outras atividades

O público vai poder participar de aulas de alongamento e dança, com professores de academia e DJ, das 7h às 9h, atividade que já realizada semanalmente pela Unidade, e que reúne cerca de 140 idosos.

“Além de mobilizar moradores do bairro e do entorno, o projeto dá início ao Humaniza SUS, que busca ir além do atendimento emergencial e ambulatorial e ampliar os serviços de prevenção de doenças”, comenta Erenilton Café, diretor da UEP.

Segundo ele, a ação promete ser um marco na região e já está sendo avaliada uma nova e ampliada edição.