Motorista de aplicativo pede sexo oral a cliente na Bahia: ‘Foi inacreditável’

Autor: N1 BAHIA - Com informações de Aratu Online

Publicada em


Foto: Reprodução

Uma mulher, de identificação não revelada, denunciou que foi vítima de assédio sexual nesta quarta-feira (16/5), no momento em que solicitou uma corrida pelo aplicativo 99 Táxi, na capital baiana. Na ocasião, o motorista perguntou a cliente se ela tinha interesse em fazer sexo oral nele durante a corrida.

“Estou chegando. Deixa eu te perguntar uma coisa. A senhora está afim de fazer um oral em mim durante o percurso?”, indagou o motorista.

“Eu li a mensagem umas dez vezes para confirmar que realmente estava lendo aquilo, porque foi inacreditável. Eu tentei cancelar a corrida, mas o aplicativo travou. Ele começou a me ligar, eu não atendi as ligações e ele continuou mandando mensagens, dizendo que estava a caminho. Eu desliguei o celular, para tentar destravar o aplicativo. Quando liguei novamente, ele já tinha cancelado e o próprio aplicativo transferiu a minha corrida pra outro motorista”, contou ao Aratu Online.

O caso aconteceu às 23h43, quando a jovem estava saindo do trabalho. A mulher conseguiu cancelar o chamado e pegou um táxi. Ao chegar em casa, enviou um e-mail para o aplicativo relatando a situação. A empresa informou, em nota, que o condutor foi banido da plataforma e que repudia qualquer tipo de violência.

 

Resposta

Em nota a assessoria do aplicativo informou:

A 99 informa que recebeu da passageira a denúncia de que um motorista da plataforma a assediou na noite da quarta-feira, dia 16 de maio, em Salvador (BA).

O condutor foi imediatamente banido da plataforma. A empresa repudia qualquer tipo de violência contra as mulheres.

Lamentamos profundamente o ocorrido e nos solidarizamos com a vítima. Estamos em contato com ela para prestar todo o apoio possível. Além disso, nos encontramos abertos para colaborar com as autoridades.

A 99 possui uma equipe de segurança com mais de 30 pessoas que trabalha 24 horas por dia, sete dias por semana, dedicada exclusivamente à proteção dos usuários.

Entre as iniciativas desenvolvidas estão:

 > A análise de perfil dos motoristas verifica o histórico público dos condutores, feito a partir de documentos como RG, CNH e licenciamento do veículo. Também possuímos uma parceria com Governo Federal, via Denatran, que permite acessar informações sobre se o carro é roubado ou se possui algum sinistro, por exemplo.

> Um canal de atendimento exclusivo para incidentes de segurança no 0800-888-8999, que oferece auxílio imediato e apoio emocional. A assistência pode incluir o envio de um carro em ocorrências em que o veículo tenha sido levado, por exemplo.

> O aplicativo realiza rodadas de treinamento para condutores, em que apresenta um curso especial com dicas práticas de proteção e orientações de combate ao assédio, desrespeito e discriminação. Em Salvador, o evento foi realizado em 10 de abril.

A 99 novamente lamenta o incidente e informa que está trabalhando para evitar situações como essa.