Morar Melhor: Bairro receberá programa para reformar 173 imóveis em Salvador

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


Foto: Reprodução

O final de linha da Rua Régis Pacheco ganhou hoje (03) a nova Arena Semente do Gueto, que foi totalmente requalificada pela Prefeitura de Salvador após o abandono que durava 14 anos. A obra, inaugurada pelo prefeito ACM Neto nesta manhã, foi uma das selecionadas pelo programa de consulta popular Ouvindo Nosso Bairro. A intervenção contou com a construção de um muro e vestiários, colocação de tabela de basquete e rede de cobertura, além de pintura, proteção e implantação de gramado no entorno.

“Investimentos no esporte porque é importante. Uma quadra como essa é um convite para jovens e crianças saírem das ruas, um estímulo para a prática da vida saudável”, discursou ACM Neto, que anunciou, já para as próximas semanas, a chegada do programa Morar Melhor na localidade, para reformar 173 imóveis.

A mangueira próxima à quadra foi protegida e cercada, a iluminação foi totalmente recuperada e todo o alambrado em volta da área foi trocado. O espaço também recebeu serviços de terraplanagem e drenagem. As intervenções contaram com um investimento de R$ 228.515,67, através do programa Salvador Bairro a Bairro, que executa as obras escolhidas pela população.

Essa intervenção no Uruguai faz parte de um projeto maior, que engloba a requalificação de cerca de 30 campos e quadras esportivas em Salvador, em ações simultâneas. Só em 2017, a Secretaria Municipal de Esporte, Trabalho e Lazer (Semtel) investiu R$ 3 milhões na revitalização de campos e quadras. Desde 2013, a Prefeitura requalificou 286 espaços esportivos em bairros como Calabar, Barris, Canabrava, São Caetano, Cajazeiras e Fazenda Coutos.

Intervenções

Com as intervenções, os equipamentos tornam-se opção esportiva e de lazer acessada por grupos de crianças, jovens e adultos que não abrem mão de marcar as tradicionais partidas de futebol nos finais de semana, ou em utilizar essas áreas para promover disputas de vôlei, basquete, práticas de ginástica e Cooper.

No país do futebol, essas construções e reformas acabam por estimular a modalidade e o surgimento de talentos, além de ocupar o dia a dia de jovens e adolescentes com atividades recreativas, afastando-os das drogas e da criminalidade.