Moradores de Brumadinho terão pagamento do Bolsa Família antecipado

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


Moradores de Brumadinho terão pagamento do Bolsa Família antecipado
Moradores de Brumadinho terão pagamento do Bolsa Família antecipado – Foto: Ana Nascimento/ MDS

O Ministério da Cidadania irá antecipar o pagamento do Bolsa Família para os beneficiários da cidade mineira de Brumadinho, que está em situação de calamidade pública em função do rompimento de uma barragem de rejeitos de minério. Com a medida, os beneficiários poderão sacar o dinheiro sem precisar seguir o calendário do programa.

Em visita à região nesta segunda-feira (28), o ministro da Cidadania, Osmar Terra, afirmou que a pasta avalia outras medidas de apoio à população.

“Estamos fazendo um esforço de antecipação de recursos e vamos avaliar, junto ao governo do Estado e à prefeitura, em que outras ações de nível local nós poderemos ser úteis para proteger e socorrer a população, principalmente os mais pobres”, destacou. Nos próximos dias, a pasta deve anunciar a antecipação do pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Integrante da comitiva que está em Brumadinho, a secretária nacional de Assistência Social, Carminha Brant, explicou que o ministério vai mapear in loco quais ações são prioritárias. “Iremos fazer um diagnóstico das demandas dessa população. Também vamos ajudar nas ações de acolhimento da população desalojada e de encaminhamento pós-emergencial”, acrescentou.

Bolsa Família

Em janeiro, o pagamento do Bolsa Família em todo o país teve início no dia 18 e segue até dia 31. Em fevereiro, o repasse começa no dia 15 e segue até dia 28. No município mineiro, 1.506 famílias recebem o benefício, totalizando R$ 272,9 mil repassados mensalmente. A população total de Brumadinho é de 39.520 habitantes. 

Atualização cadastral

O governo federal também prorrogou, por 60 dias, o prazo para as famílias atualizarem seus dados junto à administração municipal do programa. A intenção é fazer com que elas não tenham o pagamento prejudicado, já que, em situação normais, deixar de atualizar o cadastro pode resultar na interrupção do repasse.

Os beneficiários que perderam o cartão do Bolsa Família, bem como documentos, poderão fazer o saque por meio de uma guia de pagamento que deve ser obtida junto à gestão municipal do programa. Outras informações podem ser obtidas nas Centrais de Relacionamento do Ministério da Cidadania (0800 707 2003) e da Caixa Econômica Federal (0800 726 0101).