Julho começa chuvoso no leste do estado e seco no interior

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


O primeiro fim de semana de julho, que inclui o feriado da Independência do Brasil na Bahia, não terá grandes mudanças nas condições do tempo. Sistemas meteorológicos de diferentes características influenciam áreas distintas, a exemplo da faixa centro-oeste e norte do estado. Nas regiões oeste, São Francisco e norte, a massa de ar seco deve manter o céu com poucas nuvens e sem chuvas.

De acordo com o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema), além de deixar o céu ensolarado, essa massa de ar influencia na umidade e nas temperaturas dessas regiões. Durante o dia, a umidade diminui a valores de até 20%, que são considerados preocupantes para o conforto humano, uma vez que, o ideal seria de no mínimo 60%, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Já as temperaturas podem chegar a máximas de até 34°C durante o dia. Durante a noite e nas primeiras horas da manhã, a ausência de nuvens contribui para que essas temperaturas diminuam significativamente, podendo chegar a mínimas de até 15°C. Outro reflexo da condição de tempo quente e seco consiste no aumento do risco de queimadas, principalmente nas regiões oeste e São Francisco, onde a vegetação já se encontra bastante ressecada.

Por outro lado, na faixa centro-leste, que abrange as regiões do Recôncavo, nordeste, Chapada Diamantina, sudoeste e sul, os ventos úmidos vindos do Oceano Atlântico predominam. O céu se manterá nublado a parcialmente nublado com chuvas fracas. No entanto, as maiores chances de ocorrência dessas chuvas são para as regiões mais próximas ao litoral, como Recôncavo, nordeste e sul.

Chapada e RMS

A condição de céu encoberto e chuvoso, somada à época do ano (inverno), também está refletindo nas temperaturas, sobretudo, nas regiões da Chapada Diamantina e sudoeste, onde são esperados os menores valores do estado – com mínimas de até 13°C. Essas baixas temperaturas e a umidade elevada contribuem para a formação de neblina, especificamente durante a noite e nas primeiras horas da manhã, o que requer atenção redobrada durante esse período, sobretudo nas estradas.

Para a cidade de Salvador e região metropolitana, onde o céu continua encoberto e chuvoso, as temperaturas também serão mais amenas, com valores oscilando entre mínimas de 20°C e máximas 27°C. As chuvas previstas serão típicas da estação, ou seja, de fraca intensidade e podendo ocorrer a qualquer hora do dia. No entanto, elas serão mais frequentes durante a noite e nas primeiras horas da manhã.

Maré e radiação

Para o período entre sexta-feira (1º) e domingo (3), a maré deve atingir a altura máxima no entre 0h e 3h e entre 12h e 15h, com valores variando de 1,9 a 2,8 metros. Já as alturas mínimas devem ser registradas no período entre 6h e 9h e entre 18h e 21h, com valores variando de 0,1 a 0,4 metro. As ondas devem ter agitação moderada a fraca, com altura máxima podendo chegar a 2,5 metros.

O inverno tem como uma das características a diminuição na intensidade da radiação solar sobre o Hemisfério Sul e, consequentemente a redução nos Índices de Radiação Ultravioleta (IUV’s). Entre sexta (1º) e domingo (3), eles devem variar de 6 a 8. Estes índices estão classificados pela OMS nas categorias ‘Alta’ e ‘Muito Alta’, o que requer cuidados quanto à exposição prolongados à radiação solar, principalmente das 10h às 16h. Para evitar danos à saúde, é recomendado o uso de protetor solar, chapéu, boné, óculos escuros e roupas leves.