Impeachment: 16 deputados baianos a favor e 16 contra

Seis se encontravam indecisos e um apenas não havia se pronunciado quanto ao caso, segundo levantamento do portal do jornal O Estado de S. Paulo.

Autor: iG

Publicada em


Até ontem, quando a comissão especial do impeachment da presidente Dilma Rousseff acatou o parecer do deputado Jovair Arantes (PTB) que orientou pela continuidade do processo, 293 parlamentares na Câmara Federal eram favoráveis ao impedimento da petista, enquanto 117 eram contrários.

Desse universo, o número de baianos estava empatado entre 16 contra e outros 16 a favor do impeachment. Seis se encontravam indecisos e um apenas não havia se pronunciado quanto ao caso, segundo levantamento do portal do jornal O Estado de S. Paulo.

Dentre os partidos baianos com deputados federais na Câmara Federal, posicionaram a favor do impeachment com consenso na bancada as seguintes legendas e respectivos congressistas: DEM: Cláudio Cajado, Elmar Nascimento, José Carlos Aleluia e Paulo Azi; PSDB:

Antonio Imbassahy, João Gualberto e Jutahy Junior; PRB: Tia Eron, Marcio Marinho; Felix Mendonça Junior (PDT); Erivelton Santana (PEN); Lúcio Vieira Lima (PMDB); Arthur Maia (PPS); Irmão Lázaro (PSC); Benito Gama (PTB); e Uldorico Júnior (PV). Já decidiram, por unanimidade, defender a presidente Dilma Rousseff: PT: Afonso Florence, Luiz Caetano, Jorge Solla, Moema Gramacho, Valmir Assunção e Waldemar Pereira; PCdoB: Alice Portugal, Daniel Almeida e Davidson Magalhães: e João Carlos Bacelar, do PTN.