Ifba realiza inscrição de estudantes da rede estadual para revista literária

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (Ifba) está com as inscrições abertas até esta quinta-feira (14) para os estudantes da rede estadual do município baiano de Santo Antônio de Jesus (a 196 quilômetros de Salvador) e de cidades circunvizinhas que desejem participar da segunda edição da revista digital ‘Tecendo Histórias’. Os interessados devem se inscrever no curso de produção textual, que visa a preparação para a elaboração da nova publicação, na sede do Ifba, em Santo Antônio de Jesus, em horário comercial.

De acordo com a coordenadora do projeto, a professora Andréa Barreto, o objetivo do curso de produção textual é “propiciar a interação, o desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita dos estudantes envolvidos no processo e a apropriação da ferramenta necessária à editoração de publicações eletrônicas”. Além disso, as atividades de leitura, produção de texto e capacitação dos alunos da rede para a criação da revista digital visa, sobretudo, a produção do conhecimento através do resgate das memórias importantes sobre o lugar onde moram, estimulando, em cada um, a valorização do pertencimento.

“Eles aceitaram o nosso convite para a primeira edição da revista e produziram textos brilhantes. A experiência durou cinco meses (entre agosto e dezembro de 2015) e rendeu 14 textos, sendo que três deles foram premiados na terceira edição do Concurso Jovem Jornalista, do Jornal A Tarde”, relatou Andréa Barreto. Os textos dos estudantes publicados na revista ‘Tecendo Histórias’ – que é o produto final do projeto – podem ser acessados pelo endereço http://www.youblisher.com/p/1359578-/.

Autoria estudantil

“Muitas pessoas acham que a história só pode ser contada por grandes historiadores. Isto é um grande engano. A história pode ser contada por mim, por você e por qualquer pessoa que vivem experiências”. O parágrafo dá início ao texto da estudante Girlana Andrade, 17 anos, 3º ano, do Colégio Estadual Francisco da Conceição Menezes, em Santo Antônio de Jesus. Ela é uma das participantes da primeira edição da revista digital ‘Tecendo História’, que puderam escrever sobre diversos temas, escolhidos livremente por eles: a feira livre, as festas, o trem, a filarmônica, as rezadeiras, o comércio, a fábrica de fogos e o Colégio Estadual Francisco da Conceição Menezes, entre outros.

Girlana contou que o seu tema foi a feira livre de Santo Antônio de Jesus. “Sempre tive gosto pela escrita e este projeto foi uma oportunidade maravilhosa de aprendermos a construir um texto que faz como referência o lugar onde a gente mora. Foi uma experiência ímpar entrevistar moradores da cidade e descobrir tantas histórias da nossa cidade. E o mais legal é que, por conta do projeto, tive um olhar diferenciado em relação a um local que sempre frequentei, que é a feira”, declarou.

TAL

A produção literária é estimulada nas escolas estaduais e um dos projetos de destaque é o Tempos de Arte Literátia (TAL). O TAL chega, em 2016, à 8ª edição, consolidando as experiências criativas e literárias, a luta com e pelas palavras, a consciência crítica e social dos estudantes e exalta a diversidade cultural do estado. Em suas criações, os estudantes revelam suas percepções sobre si e sobre o mundo.