Homicídio resolvido em Feira de Santana

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


A Delegacia de Homicídios (DH), de Feira de Santana, já solicitou à Justiça a prisão preventiva de Marcos Vinicius Vitória Ramos, o Vini, réu confesso da morte de Pedro Henrique Santos de Jesus, de 24 anos, ocorrida no sábado (13), quando fez cinco disparos contra a vítima.

Vini compareceu à unidade policial, acompanhado de um advogado, na terça-feira (16), depois de ficar sabendo que estava sendo procurado pela polícia, que, por meio das investigações, já havia elucidado o crime, chegando até ele como autor do crime.

Segundo estas investigações, Pedro caminhava, no sábado, na companhia de um primo, em Feira, quando dois homens se aproximaram numa motocicleta, de cor preta, e um deles fez os disparos. O primo nada sofreu, pois percebeu a chegada dos criminosos e correu.

Segundo o delegado Gustavo Coutinho, titular da DH/Feira, Vini alegou ter atirado em Pedro por engano, uma vez que confundiu os dois rapazes caminhando com uma dupla que ele julga estar perseguindo-o, para matá-lo. Ele também não soube dizer quem seriam estas pessoas.

O delegado lembrou que o criminoso já havia sido preso no início do ano como suspeito de ter cometido dois homicídios. Na ocasião, ele portava uma pistola ponto 40. Dois dias depois foi liberado no Presídio de Feira, para onde havia sido encaminhado.