Garoto de onze anos morre após ser baleado enquanto brincava próximo de casa

Autor: N1 BAHIA - Com informações do iBahia

Publicada em


Garoto de onze anos morre após ser baleado enquanto brincava na porta de casa
Hebert Filipe, 11 anos – Foto: Reprodução

Uma criança de onze anos morreu após ser baleado enquanto brincava na rua, p na noite desta quinta-feira (14), no bairro de Jardim Brasília, localizado em Camaçari (BA). No mesmo dia, cinco adolescentes fardados e armados fugiram da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), localizada em outro bairro da mesma cidade, mas até o momento ninguém foi encontrado. Ainda não se sabe se há relação entre os dois casos.

Em entrevista ao G1 Bahia, os familiares da criança Hebert Filipe Silva Souza afirmaram que os tiros partiram dos policiais militares que estavam em busca para localizar os adolescentes que fugiram da Case.

Notas

Em nota enviada pela Secretaria de Comunicação do Governo da Bahia (Secom), a criança, que não era um dos adolescentes que evadiram da Fudnac, foi baleada após uma troca de tiros entre policiais militares e integrantes de uma organização criminosa em Jardim Brasília. O menino chegou a ser socorrido para o Hospital Geral de Camaçari, mas não resistiu aos ferimentos.

Também em nota, a Polícia Militar afirmou que lamenta profundamente a morte da criança de 11 anos e que a guarnição envolvida no caso foi autuada em flagrante com base em indícios colhidos na Corregedoria da Polícia Militar, na manhã desta sexta-feira (15).

Confira a nota da PM:

“O comando geral da corporação se solidariza com os familiares da vítima e reitera que todas as providências estão sendo adotadas para fazer cumprir a lei com rigor. Um Inquérito Policial Militar (IPM) foi instaurado e foram ouvidas as testemunhas e familiares da vítima, assim como os policiais militares integrantes da guarnição envolvida no fato. Após realização de exames periciais legais, os pms serão encaminhados para a Coordenadoria de Custódia Provisória, localizada no bairro da Mata Escura”

Policiais envolvidos na morte de Hebert são detidos

Policiais militares envolvidos na morte de uma criança de 11 anos, em Camaçari, foram detidos na manhã de hoje (15), após ação da Corregedoria da Polícia Militar. Segundo familiares, Hebert Filipe Silva Souza brincava na rua e foi baleada durante uma perseguição de policiais contra internos que fugiram da Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case) Irmã Dulce, em Camaçari. No entanto, segundo a Polícia Militar, o caso da fuga e a morte do garoto não têm relação.

Após realização de exames periciais legais, os policiais serão encaminhados para a Coordenadoria de Custódia Provisória, localizada no bairro da Mata Escura.