FGTS pode ser usado como garantia de empréstimos – Financiamento está disponível na Caixa

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


FGTS já pode ser usado como garantia de empréstimos – Financiamento está disponível na Caixa
FGTS já pode ser usado como garantia de empréstimos – Financiamento está disponível na Caixa – Foto: Reprodução

Operações de empréstimo consignado poderão ter o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) como garantia. A nova linha de financiamento está disponível na Caixa Econômica Federal (CEF) para 38,3 milhões de trabalhadores com carteira assinada.

O uso de FGTS para crédito consignado foi aprovado pelo Conselho Curador do fundo e está previsto na Lei 13.313/2016. De acordo com as regras, o prazo para pagamento poderá ser de até 48 meses; e os juros não poderão ultrapassar 3,5% ao mês. Esse percentual é até 50% menor do que o de outras operações de crédito disponíveis no mercado. 

Garantia

Como garantia, os trabalhadores poderão dar até 10% do saldo da conta; e a totalidade da multa em caso de demissão sem justa causa. O banco poderá reter esses valores quando quem realizou o financiamento perder o vínculo com a empresa em que estava empregado. Outros bancos também poderão disponibilizar a nova linha de crédito, desde que sigam as regras estabelecidas.

Mesmo com a garantia do FGTS e taxas mais baixas, especialistas recomendam cautela na hora da contratação. A dica é, antes de pegar o empréstimo, saber exatamente qual será a taxa e qual o montante final que será pago. Tudo deverá estar claro no contrato.

CONFIRA AS SIMULAÇÕES

 

Hipótese 1

Valor total do  FGTS – R$ 10 mil

Valor equivalente a 10% (garantia) – R$ 1 mil

Valor equivalente à multa de 40% (garantia) – R$ 4 mil

Taxa de juros em 24 meses – 2,63%

Taxa de juros em 48 meses – 2,63%

Valor líquido do contrato: R$ 5 mil

Pagamento em 24 meses – Parcela de R$ 297,85 – Valor total a pagar de R$ 7.148,40

Pagamento em 48 meses – Parcela de R$ 194,51 Valor total a pagar de R$ 9.336,48

 

Hipótese 2

Valor total do FGTS – R$ 20 mil

Valor equivalente a 10% (garantia) – R$ 2 mil

Valor equivalente à multa de 40% (garantia) – R$ 8 mil

Taxa de juros em 24 meses – 2,63%

Taxa de juros em 48 meses – 2,63%

Valor líquido do contrato: R$ 10 mil

Pagamento em 24 meses – Parcela de R$ 595,70 – Valor total a pagar de R$ 14.296,80

Pagamento em 48 meses – Parcela de R$ 389,02 – Valor total a pagar de R$ 18.672,96

 

Hipótese 3

Valor total do FGTS – R$ 40 mil

Valor equivalente a 10% (garantia) – R$ 4 mil

Valor equivalente à multa de 40% (garantia) – R$ 16 mil

Taxa de juros em 24 meses – 2,63%

Taxa de juros em 48 meses – 2,63%

Valor líquido do contrato: R$ 20 mil

Pagamento em 24 meses – Parcela de R$ 1.191,41 – Valor total a pagar de R$ 28.593,84

Pagamento em 48 meses – Parcela de R$ 778,05 – Valor total a pagar de R$ 37.346,40

 

Hipótese 4

Valor total do FGTS – R$ 70 mil

Valor equivalente a 10% (garantia) – R$ 7 mil

Valor equivalente à multa de 40% (garantia) – R$ 28 mil

Taxa de juros em 24 meses – 2,63%

Taxa de juros em 48 meses – 2,63%

Valor líquido do contrato: R$ 35 mil

Pagamento em 24 meses – Parcela de R$ 2.084,98  – Valor total a pagar de R$ 50.039,52

Pagamento em 48 meses – Parcela de R$ 1.361,59  – Valor total a pagar de  R$ 65.356,32

 

Hipótese 5

Valor equivalente a 10% (garantia) – R$ 10 mil

Valor equivalente à multa de 40% (garantia) – R$ 40 mil

Taxa de juros em 24 meses – 2,63%

Taxa de juros em 48 meses – 2,63%

Valor líquido do contrato: R$ 50 mil

Pagamento em 24 meses – Parcela de R$ 2.978,54  – Valor total a pagar de R$ 71.484,96

Pagamento em 48 meses – Parcela de R$ 1.945,13  – Valor total a pagar de R$ 93.366,24

 

Hipótese 6

Valor total do FGTS – R$ 150 mil

Valor equivalente a 10% (garantia) – R$ 15 mil

Valor equivalente à multa de 40% (garantia) – R$ 60 mil

Taxa de juros em 24 meses – 2,63%

Taxa de juros em 48 meses – 2,63%

Valor líquido do contrato: R$ 75 mil

Pagamento em 24 meses – Parcela de R$ 4.467,82  – Valor total a pagar de R$ 107.227,68

Pagamento em 48 meses – Parcela de R$ 2.917,70  – Valor total a pagar de R$ 140.049,60

Hipótese 7

Valor total do FGTS – R$ 200 mil

Valor equivalente a 10% (garantia) – R$ 20 mil

Valor equivalente à multa de 40% (garantia) – R$ 80 mil

Taxa de juros em 24 meses – 2,63%

Taxa de juros em 48 meses – 2,63%

Valor líquido do contrato: R$ 100 mil

Pagamento em 24 meses – Parcela de R$ 5.957,09  – Valor total a pagar de R$ 142.970,16

Pagamento em 48 meses – Parcela de R$ 3.890,26  – Valor total a pagar de R$ 186.732,48

FONTE: Caixa Econômica Federal

O cálculo do valor total a pagar considera, além dos juros do contrato, outros custos, como IOF e juros de acerto (variáveis conforme a data de contratação).

A taxa de juros utilizada foi de 2,63% , que é a menor taxa praticada para a modalidade. Porém, os juros variam conforme o convênio de consignação (assinado entre o banco e cada empresa empregadora).