Como fazer inscrição no Pronatec e participar de cursos gratuitos

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


Pronatec tem 300 vagas para curso técnico gratuito com direito a bolsa e material didático Como fazer inscrição
Como fazer inscrição no Pronatec e participar de cursos gratuitos – Foto: Reprodução

 

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) oferece Educação Profissional e Tecnológica gratuitamente. Para participar é preciso procurar uma instituição com vagas abertas, que são limitadas de acordo com o curso.

Depois é só conferir as exigências da instituição de ensino e fazer a inscrição. O programa tem como público-alvo os estudantes do ensino médio da rede pública, inclusive da educação de jovens e adultos; os trabalhadores; os beneficiários dos programas federais de transferência de renda; e os estudantes que tenham cursado todo o ensino médio em escola da rede pública.

A oferta de vagas é determinada a partir da demanda apresentada por instituições parceiras do programa e das necessidades econômicas e sociais de cada região. Essas unidades de ensino também têm a responsabilidade de divulgar as opções disponíveis e selecionar os alunos.

Inscrição

No site do programa, no menu “meu cadastro”, é possível preencher o formulário “receber notificação de vagas”. Os dados solicitados são CPF, e-mail, número do celular e informações sobre o município, estado e o curso desejado. Com esse cadastro feito, o candidato será avisado quando as vagas estiverem abertas.

Pronatec Voluntário oferece cursos gratuitos de capacitação profissional

Todos os cidadãos brasileiros maiores de 15 anos podem participar gratuitamente de cursos de capacitação profissional do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) – Oferta Voluntária. Para viabilizar as bolsas, o Ministério da Educação (MEC) utiliza recursos das instituições privadas de educação profissional e tecnológica, ou seja, não há qualquer custo à pasta.

Cursos disponíveis

Mais de 3 milhões de vagas foram disponibilizadas só neste ano. Dentre as possibilidades, estão a formação para agente comunitário de saúde, promotor de vendas, desenhista de construção civil, representante comercial, assistente administrativo, recepcionista, vendedor e balconista de farmácia. Além disso, há cursos de espanhol básico, inglês básico e Língua Brasileira de Sinais (Libras) básico, entre outros.

 Acesse a lista completa de cursos ofertados em 2018.

Essas vagas são distribuídas por meio de lotes — sendo o mais recente em março deste ano, com cerca de 550 mil disponíveis. Os cursos de formação inicial e continuada (FIC) são oferecidos às pessoas que têm o ensino fundamental incompleto. Com o foco em áreas específicas, eles duram de três a cinco meses. Podem ser feitos nas modalidades presencial ou Ensino a Distância (EaD), com certificado ao final. Já os técnicos são para quem concluiu o ensino médio. As aulas podem ter duração de um a dois anos e o aluno obtém habilitação técnica de nível médio, com certificado reconhecido em todo o território nacional.

Carta de Encaminhamento

Os alunos inscritos receberão uma Carta de Encaminhamento com os prazos e dados necessários para a realização da matrícula, que pode ser feita diretamente na instituição de ensino onde o curso será realizado. Nos cursos FIC a distância, os interessados devem acessar a plataforma de EaD da instituição.

Inscrições

As pré-matrículas podem ser feitas nas secretarias estaduais/distritais de Educação; no Ministério da Saúde; Ministério do Turismo; Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento; Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços; Ministério da Cultura; Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações; todos em articulação com o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário.

As inscrições também podem ser realizadas por meio do portal.mec.gov.br/pronatec e do pronatec.mec.gov.br/inscricao.