Famílias de Alagados recebem 100 residências em dois conjuntos habitacionas

Os casebres de madeiras deram lugar aos conjuntos habitacionais Vivendas do Uruguai II e Massaranduba II, inaugurados na manhã desta segunda-feira (21).

Autor: N1BAHIA

Publicada em


Durante muito tempo, as palafitas na comunidade de Alagados, em Salvador, serviram de moradia para milhares de famílias, que viviam em condições sub-humanas. Hoje, quem passa pelo local percebe facilmente a mudança de cenário. Os casebres de madeiras deram lugar aos conjuntos habitacionais Vivendas do Uruguai II e Massaranduba II, inaugurados na manhã desta segunda-feira (21) pelo governador Rui Costa, com 100 unidades habitacionais. Na oportunidade, as famílias contempladas com os imóveis receberam de imediato suas escrituras.

“Essa grande obra vai beneficiar muitas famílias com moradia digna, além de acabar definitivamente com o problema das palafitas na comunidade”, disse Rui. Ele explicou que o projeto do Governo do Estado em Alagados vai além da construção de habitações. As obras em andamento abrangem ainda a implantação de sistemas de esgotamento sanitário e abastecimento de água, área de convivência, parque infantil, bem como um sistema viário e uma pista de borda com cinco quilômetros de extensão, que contornará o Subúrbio, facilitando a locomoção de veículos e pedestres e evitando novas ocupações no local.

Os residenciais entregues nesta segunda-feira foram construídos por meio do Programa Casa da Gente e contaram com um investimento de R$ 7,5 milhões, em recursos próprios do Governo do Estado. Outras 66 moradias devem ser entregues em 30 dias. Além disso, em agosto do ano passado, outras 72 famílias da localidade já haviam recebido sua casa própria, após as palafitas terem sido atingidas por um incêndio