‘Encantos da Dança’ chega ao Centro Cultural Plataforma

Autor: N1BAHIA

Publicada em


Mostra coreográfica, que envolve ballet clássico, street jazz, hip hop, capoeira, dança afro e do ventre, ‘Encantos da Dança’ será apresentada no Centro Cultural Plataforma, neste domingo (12), com sessões às 15h e 17h. O espetáculo encerra as atividades realizadas pelo projeto ‘Associação Cultural Esperança – Disseminando arte através da dança’, que durante a organização envolve crianças e jovens do no Subúrbio Ferroviário de Salvador. A iniciativa tem apoio do Governo do Estado, por meio do Fundo de Cultura da Bahia (FCBA). Os ingressos, a R$ 5,podem ser adquiridos no local.

Segundo a coordenadora do projeto, Georgette Ferreira, a associação localizada no bairro de Paripe conseguiu incluir 200 crianças e adolescentes em atividades artísticas, culturais e de educação, como aulas de inglês e de música. As atividades acontecem semanalmente, pela manhã e pela tarde, junto com o atendimento de um assistente social.

“Além do objetivo principal, conseguimos atender a comunidade do entorno, em serviços socioassistenciais de orientação às famílias. As alunas se tornam agentes multiplicadoras, ou seja, passam a ser monitoras e aprendem toda a base do ensino da dança e, posteriormente, algumas conseguem encontrar na atividade, a fonte de renda e sustento”, afirma Georgette.

Criada em 2004, a Associação Cultural Esperança (ACE) tem como proposta contribuir para o desenvolvimento da identidade dos seus beneficiários, por meio da arte e da cultura, e resgatar a autoestima de pessoas que se encontram em uma situação de violência constante e vulnerabilidade social no local onde vivem. Pela primeira vez, a entidade é contemplada com um edital de cultura e, segundo a coordenadora, o recurso contribuiu para concretizar algumas ações e projetos antigos.

Fundo de Cultura

Criado em 2005 para incentivar e estimular as produções artísticas e culturais baianas, o Fundo de Cultura da Bahia (FCBA) custeia, total ou parcialmente, projetos estritamente culturais de iniciativa de pessoas físicas ou jurídicas de direito público ou privado. São financiados, preferencialmente, aqueles que, apesar da importância do seu significado, sejam de baixo apelo mercadológico, o que dificulta a obtenção de patrocínio junto à iniciativa privada.

O FCBA está estruturado em quatro linhas de apoio, modelo de referência para outros estados da federação – Ações Continuadas de Instituições Culturais sem fins lucrativos; eventos Culturais Calendarizados; Mobilidade Artística e Cultural e Editais Setoriais. Mais informações estão disponíveis no site da Secult.