Brasil empata com Paraguai e cai para 6º nas Eliminatórias

Autor: ANSA

Publicada em


A seleção brasileira sofreu para empatar em 2 a 2 a partida contra o Paraguai na noite desta terça-feira (30) e terá um período de grande pressão pela frente nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018. Isso porque o resultado derrubou o time de Dunga para o 6º lugar da tabela – fora da zona de classificação e até mesmo pré-classificação para o Mundial. Agora, só em setembro, se vencer as partidas e os adversários tiverem maus resultados, os brasileiros poderão voltar à zona de classificação.

A partida começou com amplo domínio paraguaio e o Brasil só assustou com um chute no travessão de Ricardo Oliveira – que substituiu Neymar. Porém, aos 40 minutos, Darío Lezxcano abriu o placar para os donos da casa após bela jogada do ataque. Logo aos 4 minutos do segundo tempo, Edgar Benítez ampliou o placar e jogou um balde de água fria nas aspirações dos comandados de Dunga. Só aos 35 minutos da etapa final, Ricardo Oliveira marcou o primeiro gol dos brasileiros e, aos 46, já nos acréscimos, Daniel Alves garantiu o empate.

Após o jogo, Dunga falou com a imprensa sobre o resultado.

“Vocês mesmo falaram que as eliminatórias desta vez são mais difíceis. Estamos em sexto, diferença de um, dois pontos entre as equipes. A equipe, principalmente no segundo tempo, entendeu como joga uma eliminatória. Sem a bola, tem que ser um pouco mais viril. Alguns não entenderam, ou não querem entender”, disse o treinador.

Agora, o Brasil tem 9 pontos – a mesma pontuação do Paraguai – e está na 6ª colocação. O Uruguai lidera a classificação, com 13 pontos, seguido pelo Equador (13), Argentina (11), Chile (10) e Colômbia (10).

A próxima rodada ocorre apenas no dia 2 de setembro, após as Olimpíadas e a Copa América Centenário. O time de Dunga enfrentará o Equador, em Quito, e no dia 6 encara a Colômbia em casa. Confira os resultados da noite desta terça: Colômbia 3 x 1 Equador; Uruguai 1 x 0 Peru; Argentina 2 x 0 Bolívia; Venezuela 1 x 4 Chile; Paraguai 2 x 2 Brasil.