Bahia vence bem na Fonte e se classifica com melhor campanha da 1ª fase

Autor: Correio 24H

Publicada em


Triunfo convincente e missão cumprida. O Bahia venceu o Fortaleza por 2×0 na Fonte Nova, com gols de Juninho e Edigar Junio, e confirmou a classificação para as quartas de final da Copa do Nordeste com a melhor campanha no geral. Na sexta (23) às 11h, o tricolor conhecerá o seu adversário na próxima fase, mas já sabe que fará o segundo jogo em casa.

As equipes demoraram até conseguirem criar chances de gol. Somente aos 19 minutos , o Bahia teve a primeira oportunidade. Régis recebeu na entrada da área, se livrou da marcação e na hora de finalizar, foi atrapalhado por Hernane e a bola saiu pela linha de fundo.

Juninho comemora mais um golaço pelo tricolor (Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia)

O tricolor tentava colocar um ritmo mais forte na partida e, aos 26, Allione fez bom lançamento na área, Tiago furou ao tentar de bicicleta, mas a bola encontrou Edson, que dominou e chutou forte para a boa defesa do goleiro.

Em sua jogada característica, Juninho mandou uma bomba em cobrança de falta de muito longe e por pouco não abriu o placar. Matheus Inácio espalmou para escanteio. Logo após o ensaio, veio o gol. Aos 38 minutos, Juninho acertou lindo chute de fora da área e abriu o placar na Fonte Nova. Uma bomba, golaço!

Por pouco Régis não ampliou antes do intervalo. O meia fez grande jogada individual driblando goleiro e zagueiro, mas na hora de finalizar chutou por cima.

2º tempo

O Bahia voltou decidido a ampliar o marcador logo no início do segundo tempo. Aos quatro minutos, Allione tabelou com Régis, invadiu a área, mas finalizou em cima do goleiro.

Três minutos depois foi a vez de Allione retribuir a gentileza e servir Régis, que chegou finalizando de primeira, mas mandou por cima do gol. Guto colocou Renê Júnior no lugar de Edson e Edigar Junio na vaga de Zé Rafael.

O atacante, que ainda não havia jogado uma partida oficial em 2017, não decepcionou. Aos 26 minutos, ele recebeu bom passe e fuzilou de pé esquerdo para fazer o segundo gol do tricolor. A partir daí o ritmo da partida caiu bastante. Em outra boa assistência de Hernane, Edigar Junio quase marcou o segundo dele na partida, mas mandou na rede pelo lado de fora.

Foi só esperar o apito final para confirmar o 16º triunfo consecutivo como mandante e terminar a primeira fase do Nordeste sem sofrer gols.