Brasil x Suécia ao vivo – Saiba como assistir o jogo

Autor: Com informações do ESPN

Publicada em


brasil-femi0945
Brasil x Suécia – As meninas do Brasil mais uma vez entram em campo nesta terça-feira para tentar fazer história em uma Olimpíada diante de uma seleção com muito mais estrutura para a modalidade. Mas também engana-se quem pensa que o futebol feminino na Suécia é um luxo completo. Pelo contrário: por lá, as mulheres também sofrem enfrentando a desigualdade para os homens.

Sim, é verdade que, enquanto o Brasil sofre para ter um campeonato nacional sequer de futebol feminino, a Suécia tem um torneio com nada menos que oito divisões.

Mas também é verdade que, mesmo tendo a 3ª liga mais importante do mundo no futebol feminino, a Suécia ainda dá mais atenção – e dinheiro – aos homens.

Prova disso é que a liga feminina nacional, a Damallsvenskan, simplesmente desistiu de tentar negociar seus direitos com a televisão nacional. Cada um dos 12 times do torneio levava menos de US$ 100 mil por temporada – e olha que o valor, mesmo muito baixo, correspondia a quase metade da receita da maioria dos clubes.

Com isso, a partir deste ano, a própria liga passou a vender seus jogos em sistema de pay per view pela Internet, com jogos a US$ 10 ou mensalidade a US$ 20. A análise foi de que, por mais errado que o sistema dessa, o prejuízo não poderia ser tão grande.

Mas a verdade é que mesmo o público não se empolga tanto com as mulheres quanto se empolga com os homens. Em 2015, por exemplo, o campeonato feminino teve média de apenas 900 pessoas por jogo, um número 10 vezes inferior em relação às partidas masculinas.

E esse péssimo ciclo vicioso começa a cobrar seu preço por lá. Em 2014, por exemplo, um dos principais clubes do país simplesmente faliu. O Tyreso FF foi criado com o objetivo de ser um gigante e logo aposto alto contratando Marta. Até chegou a uma final de Uefa Champions League, mas acabou se enrolando em dívidas enormes e teve que decretar a falência.

Mesmo a importância do campeonato local começa a diminuir, perdendo cada vez mais força frente as ligas da Alemanha e da França. Os times suecos estiveram em seis das primeiras oito decisões. Desde então, só foram a mais uma final em sete – justamente com o Tyreso, que já nem existe mais.

Ainda assim, é claro, a situação por lá é bem melhor que daqui, onde a CBF teve que ‘apelar’ para uma seleção permanente para não deixar suas principais jogadoras desempregadas.

Mesmo assim, o sofrimento sueco mostra como a relação entre o esporte feminino e masculino precisa ser repensada no mundo como um todo.

Horários e Canais de Televisão

Transmissões da Olimpíada

Transmisão Online

Quem quiser assistir a partida entre Brasil x Colômbia online pode Assistir na BAND, clique aqui e assista Online na BAND  Transmissões na Internet Online

Transmissão na TV

Brasil x Colômbia será transmitido pelos canais abertos Globo, Record e pela Band. Já na televisão fechada, ESPN, FOX Sports, SporTV e BandSports anunciam a cobertura completa do evento.

FICHA TÉCNICA:
BRASIL X SUÉCIA

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 16 de agosto de 2016 (Terça-feira)
Horário: 13h(de Brasília)
Árbitro: não divulgado pela organização

BRASIL: Bárbara, Fabiana (Poliana), Rafaelle, Mônica e Tamires; Thaisa, Formiga e Marta; Andressa Alves, Débora e Beatriz. Técnico: Vadão

SUÉCIA: Hedvig Lindahl, Linda Sembrant, Nilla Fischer e Jessica Samuelsson; Lisa Dahlkvist, Caroline Seger, Elin Rubensson, Kosovare Asllani e Sofia Jakobsson; Lotta Schelin e Fridolina Rolfo. Técnico: Pia Sundhage

*Com informações do ESPN