26ª fase da Lava Jato é deflagrada em Salvador e Região Metropolitana

Autor: N1 BAHIA

Publicada em


A 26ª fase da Operação Lava Jato foi deflagrada pela Polícia Federal na manhã desta terça-feira (22),  para cumprir 110 ordens judiciais em oito estados e no Distrito Federal. Na Bahia, oito mandados de busca e apreensão, um de condução coercitiva, um de prisão temporária e um de prisão preventiva, serão cumpridos.

Dos oito mandados de busca e apreensão, apenas um, será efetuado em Mata de São João, na Região Metropolitana de Salvador (RMS). As outras ações acontecem em Salvador. Os nomes dos presos ainda não foram divulgados pela PF.

Operação Xepa
As ordens judiciais serão cumpridas por cerca de 380 policiais, em São Paulo, Bahia, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Piauí, Distrito Federal, Minas Gerais e Pernambuco.

No total, estão sendo cumpridos 67 mandados de busca e apreensão, 28 mandados de condução coercitiva, 11 mandados de prisão temporária e 04 mandados de prisão preventiva.

A 26ª fase da Lava-Jato, denominada Xepa, é um desdobramento da Operação Acarajé, a 23ª fase, e apura, a partir de material apreendido, um esquema de contabilidade paralela pela construtora Odebrecht, que pagava vantagens indevidas a terceiros, vários deles com vínculos diretos ou indiretos com o poder público, em diferentes esferas.

Os investigados responderão pelos crimes de corrupção, evasão de divisas, organização criminosa e lavagem de ativos.  Os investigados conduzidos coercitivamente serão ouvidos em suas cidades, enquanto os presos serão levados ainda hoje para a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba.

Mandados Judiciais:
28 mandados de condução coercitiva
11 mandados de prisão temporária
04 mandados de prisão preventiva
67 mandados de busca e apreensão: São Paulo (29), Rio de Janeiro (18), Bahia (8), Distrito Federal (4), Pernambuco (4), Minas Gerais (3), Rio Grande do Sul (1).